Pages - Menu

terça-feira, 12 de abril de 2011

Lei do sofrimento insistente


É como um engarrafamento no trânsito que sempre acontece, mas você vai se indignar toda vez que se ver preso nele. É sair na chuva sem guarda-chuva e ficar com raiva por se molhar. É fumar 10 maços de cigarro por dia e dizer dane-se, pra depois chorar quando descobrir um câncer de pulmão. É exatamente  como saber que uma pessoa vai te decepcionar -de novo e de novo e de novo- e se surpreender na décima vez que isso acontece.
Você sabe que vai acontecer. Isso não deveria te afetar, mas continua a te derrubar. Não acredito que seja tolice nossa, nem que isso só aconteça em casos isolados. Talvez seja uma lei universal criada pelos deuses para nos pregar uma peça de mal gosto e nos fazer sofrer um pouco mais, mas eu acredito que seja apenas uma lei imposta ao ser humano pelo ser humano. Alguns escapam, alguns aprendem, mas a maioria nunca se livra disso. Afinal, por que o ser humano sempre cria barreiras para si mesmo? Por que estamos sempre inventando motivos para sofrer?
A felicidade é tão simples, ironicamente somos seres complicados.

2 comentários:

Bruna K. disse...

Eu creio que sou do tipo que nunca vai aprender.

Amanda disse...

Então somos do mesmo tipo.