Pages - Menu

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Eu sou uma pessoa ruim

Existirá uma jaula por aí para uma pessoa como eu? Deveria Se eu ao menos fosse alguém de fé, poderia acreditar em redenção e eu posso até dizer a mim mesma "pessoas mudam", mas isso não verdade. É confuso ser esse ser caótico, eu nem sei mais no que acredito, nem meus gostos são saudáveis e meus pensamentos estão indo para um caminho que não consigo ver até que me choque contra o muro. Ah, um muro construído de ossos e órgãos daqueles que eu não consegui salvar e daqueles que estou matando. Pois eles estão morrendo porque eu não quero abrir mão do orgulho, do egoísmo e da obsessão. E talvez eu goste de vê-los morrer. É isso? Por isso não consigo parar? Eu gosto de ser aquilo que me tornei? Não, isso não é certo. Monstros não podem ser domesticados e eu não posso obter a cura.
Por que é tão difícil entender? Os problemas existem ou eu os inventei? E essa felicidade que parece tão errado. Me diz, por que eu não consigo ser feliz? É errado, talvez... Bem, talvez eu não tenha esse direito. A felicidade foi feita pra gente boa e eu sou uma pessoa ruim. Mas eu realmente acho que foi culpa da tranquilidade e do espaço, fiquei muito tempo me olhando nesse espelho e vi coisas que me assustam. Ninguém deve ser obrigado a olhar muito tempo pra si mesmo, é um erro e as vezes você encontra um monstro olhando pra você de dentro dos seus olhos. Eu não queria ter olhado pra mim, não quero ter que olhar nunca mais. Se ao menos eu tivesse fé em alguma coisa que não fosse abstrata demais pra se tocar, mas tudo é tão irreal e tão terrível de se olhar.


2 comentários:

Emerson Angels disse...

Há um monstro dentro de cada par de olhos!

@whoisnanis disse...

sim, tenho certeza que cada um de nós esconde um monstro dentro de si.