Pages - Menu

domingo, 16 de janeiro de 2011

Clap your hands if you believe


"Imagine all the people sharing all the world"

E se Deus é assim tão bom, onde ele está enquanto as pessoas estão aqui vivendo na merda? Desculpe, isso talvez tenha ofendido sua religião, mas é isso o que sempre passou pela minha cabeça. Toda vez que eu lia as notícias ou crianças vinham me pedir comida. Então, eu prefiro acreditar que Ele não existe do que pensar que Ele se senta lá em cima em um trono e assisti a humanidade se ferrando aqui em baixo. Eu só queria que vocês entendessem. É claro, ninguém precisa se explicar, mas eu queria que vocês entendessem porque eu penso assim.
Agora, é o seguinte. Eu não me importo se você é católico, budista, ateu ou muçulmano. Vocês acreditam no que quiserem, esse é um direito de todos, mas vamos parar de fazer uma guerra disso? Eu não acharia que a religião é uma coisa ruim se as pessoas não ficassem matando umas as outras por causa dela. Ou melhor, as pessoas não se matam por causa da religião, na verdade, elas se matam por serem ignorantes. Vamos, por favor, parar de fazer uma guerra só pra mostrar quem está certo e admitir que isso realmente não importa? Porque não importa mesmo.
Olhem ao seu redor, o mundo está uma bagunça. Eu não me importo se você fará isso em nome de Buda ou de Deus, mas vamos fazer alguma coisa pelo mundo. Apenas faça algo. Faça pelo seu deus, ou muito melhor, faça isso pelas pessoas.
Então, eu não acredito e está tudo bem em ser assim. Você acredita e está tudo bem com isso também. 

3 comentários:

Anthony L. Filardi disse...

O que acreditamos, ou somos levados a acreditar, é que Deus não é bom, entretanto, o que faríamos se dependêssemos de um ser que não age através da bondade? Simples! Agregamos de forma imutável a idéia de justiça, sendo ela soberana. Ou seja, o justo não é bom, e o soberano fundamenta suas ações na justiça.

O Deus, seja ele qual for, sempre será mesquinho. Sempre terá em suas mãos, reais ou não, a escolha que afetará os bons, os justos e os esfomeados. (Não acredito na maldade, se pelo que vejo, Deus é o nosso próprio Diabo.)

Por fim, a música do John Lennon, Imagine, é geralmente tida como polêmica, justamente por abordar um mundo forjado pelo próprio Anticristo (Na Bíblia). Nela, encontramos um mundo livre de todas as amarras e obrigações sociais, ou seja, um mundo "perfeito", se não fosse pela descrição nítida do caos: http://bit.ly/if0Kip

Sugiro que leia esse texto! Parabéns pelo Blog!

Amanda disse...

Obrigada (por seguir, pela indicação do texto e pelo comentário).
O texto é bem interessante. Eu sempre gostei muito da canção (Imagine - John Lennon) apesar de achar ela utópica, como o texto que você me mandou mostra que ela é.
A questão de Deus é uma coisa com a qual demorei para chegar a uma conclusão. Aliás, penso que vou demorar muito mais, já que essa minha crença (ou melhor, descrença) é ainda uma idéia bruta. Para mim, Deus sempre passa uma imagem mesquinha, como você mesmo disse.
De novo, obrigada :)

*Maluh Mah* Marinha Luiza disse...

Talvez as pessoas só enxerguem Deus de uma form errada.

=)